passado negro (blog antigo)
  autofotos (meu fotoblog)
  meu flickr
  outro flickr
  boneca
  moniquita
  diZpensa
  krika
  rebelrebel
  fer ribeiro
  bel
  solilóquios
  mindu
  muitas de mim
  rosa pomar
  eu, as gatas e os peixes
  o palíndromo
  uia!
  planeta hilda
  feito a mão
  ilha das maçãs
  borboletas na barriga
  poeiras
  dominique
  sandrine
  uns e outros
  carlos careqa
  minhocagem
  os 2 mundos
  nave dos suspiros
  vinte2
  sopa de pão
  dinaladina
  três gatos miaus
  fofysland
  rafaela pires
  outsuka
  crocodilo chan
  no princípio era
  tempos eternos
  photocélula
  1, 2, 3 testando...
  denize barros
  dona chita
  olhar sem compromisso
  1/2 dúzia
  bom pessimista
  dadivosa
  quiche de macaxeira


 

    01/09/2007 a 30/09/2007
  01/08/2007 a 31/08/2007
  01/07/2007 a 31/07/2007
  01/06/2007 a 30/06/2007
  01/05/2007 a 31/05/2007
  01/04/2007 a 30/04/2007
  01/03/2007 a 31/03/2007
  01/02/2007 a 28/02/2007
  01/01/2007 a 31/01/2007
  01/12/2006 a 31/12/2006
  01/11/2006 a 30/11/2006
  01/10/2006 a 31/10/2006
  01/09/2006 a 30/09/2006
  01/08/2006 a 31/08/2006
  01/07/2006 a 31/07/2006
  01/06/2006 a 30/06/2006
  01/05/2006 a 31/05/2006
  01/04/2006 a 30/04/2006
  01/03/2006 a 31/03/2006
  01/02/2006 a 28/02/2006
  01/01/2006 a 31/01/2006
  01/12/2005 a 31/12/2005
  01/11/2005 a 30/11/2005
  01/10/2005 a 31/10/2005
  01/09/2005 a 30/09/2005
  01/08/2005 a 31/08/2005
  01/07/2005 a 31/07/2005
  01/06/2005 a 30/06/2005
  01/05/2005 a 31/05/2005
  01/04/2005 a 30/04/2005
  01/03/2005 a 31/03/2005
  01/02/2005 a 28/02/2005
  01/01/2005 a 31/01/2005
  01/12/2004 a 31/12/2004
  01/11/2004 a 30/11/2004
  01/10/2004 a 31/10/2004
  01/09/2004 a 30/09/2004
  01/08/2004 a 31/08/2004
  01/07/2004 a 31/07/2004
  01/02/2004 a 29/02/2004


 

   


www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos from simonewicca. Make your own badge here.





 
 




wiccaverna







# me disseram anteontem que eu estava "invocada". ontem "afiada". o que será hoje?

# seguir aquela máxima do pessoa, na verdade, do ricardo reis ("Para ser grande, sê inteiro: nada teu exagera ou exclui. Sê todo em cada coisa. Põe quanto és no mínimo que fazes. Assim em cada lago a lua toda brilha, porque alta vive."), anda bem complicado. estou fazendo tudo ao mesmo tempo agora. fração de mim. minha divisão é sempre menos.

# já em alguns momentos, tão bom poder parafrasear o arnaldo ao dizer: "uma agenda lotada não me impede de não fazer nada!"

# um café acabado de passar pra comemorar o nada.

# fofoca resumida não tem graça nenhuma!

# fobia social é o nome da coisa...

# apesar disso, tomara que tudo dê certo hoje, e a gente saia tomar café. mesmo que eu me arrependa na sexta de manhã.

# "queria te levar/ queria te mostrar/ e te dizer contente,/ "olha, vem! aqui.../ que o sol esquenta a gente"/ vamos lá, vamos lá/ vamos ver a vida passar/ vamos lá ver/ a vida passar/ no nosso nariz/ e a tocar com nossas próprias mãos/ quisera andar com meus próprios pés/ no meu próprio chão" - john

# estamos ligados pelo chão. - a.antunes

 



Escrito por wicca às 12h30
[   ] [ envie esta mensagem ]




do que eu aprendi com jorge lumeeiro, mestre grivo e seu lunetim...

# que a fotografia é musa e prostituta.

# que tanto na fotografia, como na maioria das coisas, o melhor é se manter nos princípios.

# da natureza das chamas. que a salamandra da lamparina dança diferente da salamandra da vela.

# que uma candela apesar de parecer que não, é muita luz. e é confortável. e continua a aquecer quando pula para o outro lado da lente.

# que a luz tem esse princípio físico e ao mesmo tempo lúdico de dar uma cambalhota quanto atravessa o orifício.

# que eu e jorge lumeeiro temos polaridades diferentes de tempo e espaço. ele polariza pra mais, eu pra menos.

# que sempre é bom quando a gente se encontra nesse meio do caminho.

# salve, jorge!



Escrito por wicca às 12h35
[   ] [ envie esta mensagem ]




# no treinamento de brigada de incêndio todo mundo tem de evacuar a área. até o lenine (que estava ensaiando pro bem brasil) precisou evacuar no deck.

# imagine a seguinte cena: eu na avenida paulista, parada num sinal. sobem na minha moto 3 palhaços, e sobra um querendo ficar entre mim e o quidão, mas eu não deixo. surreal?

# quando eu não tenho do que reclamar, nem do que discutir, eu fico meio sem assunto...

# com 1000 você consegue congelar uma pessoa.

# e tem uma foto que é muito boa pra enlouquecer alunos. eu pergunto como ela é feita, valendo um chocolate. na aula da tarde de ontem, surgiu um moleque de uns 9 anos na porta. como ele ficou ali, quieto, paradinho, ouvindo, eu deixei ele ali, nem mexi com ele. quando eu perguntei se alguém tinha idéia de como aquela foto era feita, ele levantou a mão.



Escrito por wicca às 09h29
[   ] [ envie esta mensagem ]




self portrait tuesday

com o colar da marta : )



Escrito por wicca às 00h59
[   ] [ envie esta mensagem ]




os cursos, felicidades eternas, mail day

# começaram os cursos regulares. tenho alunos malas, alunos bacanas, alunos que fotografam bem... enfins. o que todos eles tem em comum é que são alunos. e aluno é bichinho que absorve a gente toda. especialmente no começo, quando eles querem ouvir e ainda não tem tanta troca, eles só perguntam, perguntam, perguntam... já chego em casa exaurida. daqui mais um mês a coisa começa a ficar interessante.

# ah! eu tenho um aluno que gosta de bresson. teremos discussões calorosas sobre o projeto "formal" dele. acho que aprenderei bastante. reforçarei convicções ou mudarei de opinião... veremos.

# e começou o curso da edith derdyk. e ela disse coisas que me fizeram bastante sentido. falou de mallarmé, falou de poesia concreta, dos hai-kais da alice. falou de como os haikais coisificam as palavras a ponto de fazer o poeta virar coisa que escreveu. mas sempre sobra um pouco do poeta ali... senão os haikais da alice não seriam os haikais da alice.

# achei que seria a única pessoa da fotografia, ao lado e vários artistas plásticos... ledo engano. tem mais 3 na turma.

# no dia da felicidade eterna, estávamos juntos.

# e felicidade, mesmo que eterna, dura um dia. expirou. que bom que gatos tem 7 vidas.

# agora, além dele desfilar de meias na festa, deu um vale pés descalços para uma amiga...

# recebi um mail hoje que dizia assim: "Ei, você tá aí? Anda sumida... Meninas apaixonadas, quando correspondidas, somem mesmo, né? Tudo bem. Curta seu romance mas, dê notícias."

# e também recebi os presentes da marta! recheadíssimo o pacote! depois coloco as fotos. adorei tudo tudo tudo!

 



Escrito por wicca às 13h14
[   ] [ envie esta mensagem ]




é doce mas não é mole não...

chegou ontem uma caixinha lá de maceió! com rapadura, alguns imãs e uma camiseta linda!

trabalhar com alunos traz algumas surpresas. a tilda foi uma aluna que estava de visita à sampa. passou as férias fazendo todos os cursos comigo. depois voltou pra maceió e volta e meia ainda nos falamos via msn. e ela vive dizendo que vem... mas até agora ainda não voltou.

adorei tudo, tilda!

e já planejo uma caixinha pra ti... :)



Escrito por wicca às 12h14
[   ] [ envie esta mensagem ]




o que seria de nós sem as coisas (e as pessoas*) que não existem?

 

ainda divagando sobre esses questionamentos sobre coisas e pessoas, achei o título da peça curioso pra não dizer oportuno. a penumbra, uma lamparina, alguns fósforos acesos que se iam apagando rapidamente deram a atmosfera sombria. alguns instrumentos usados para confeccionar chapéus também estavam em cena. são vários cabides cheios de chapéus que não são perfeitos. porém, todos feitos com puro pêlo de coelho selvagem morto de morte natural, e não violenta. lavado em água de chuva da terça-feira de carnaval. as palavras tinham um sotaque carregado. comecei a sentir um aperto dentro. quis investigar de onde vinha aquela dor. o diálogo sobre a antiga fábrica me conduziu pra outro tempo e lugar. lembranças e memórias tem o estranho poder de me arremessar para bem longe dali. revivi inúmeros diálogos entre meus pais, meus avós. a dor era de saudades. fiquei nessa mudança de planos, ora ali, ora lá, durante todo o espetáculo. fui totalmente pega. no final, já sem conseguir ter muita clareza para uma análise imparcial, pensei que mesmo não tendo gostado tanto assim, o simples fato de ter relembrado os porquês de retomar certos vínculos já me foi mais do que eu poderia esperar de uma peça de teatro num domingo à tardinha... entendeu? entendi. aprendeu? ainda não aprendi...

 

* o parêntese foi por minha conta...



Escrito por wicca às 22h33
[   ] [ envie esta mensagem ]




# o menino das poucas palavras fez o melhor discurso.

# da terrrinha chegaram muitas chitas, postais, um galo de barcelos, fitas e botão, mais uma carteirinha bolha e um crachá da menina borboleta! e tudo num envelope com uns carimbos lindos lindos lindos! e eu me senti bem querida :)  olha só!

# às vezes também me dá uma vontade enorme de entrar no meio de um rio, e ficar lá, dentro de uma canoa, e chorar bastante. um misto de guimarães e um bocadinho de senhora hendersen.

# o nu sem movimento não é sensual? coitadinhas das minhas fotografias...

# a angústia de começo de semestre já está devidamente instalada.



Escrito por wicca às 13h55
[   ] [ envie esta mensagem ]




exit?

# penso, logo exito. ou hesito? eu não existo. só lendo certo pra me dar conta... será que a maioria dos erros de portugês me levam à poesia concreta? ou será que ando lendo muita poesia concreta e escrevendo tudo torto mesmo?

# saramago vai bem... passei lá pelo Rossio e por ele caíam "as grandes sombras do convento do carmo", há umas páginas... lembrei-me das fotos da . um bom jeito de viajar quando se tem de estar noutro lugar.

# e pausa na viagem pra voltar para a labuta...

 



Escrito por wicca às 12h14
[   ] [ envie esta mensagem ]





[ ver mensagens anteriores ]